Biografia

Com ele a Amazônia “pode mais”

No início dos anos 90, a geração cara pintada dava os primeiros passos pelas ruas do Brasil nas frentes de luta do movimento estudantil. No Amapá, um garoto magrinho, com cabelo bem preto e espetado, de sotaque pernambucano, liderava as passeatas pelo Fora Collor, organizava grêmios nas escolas secundaristas e se metia em todo tipo de debate político que aparecia pela frente. Entre os 13 e os 16 anos, o jovem Randolph Rodrigues – o “ph” do nome foi substituído por “fe” quando se tornou candidato a cargo eletivo – já era a mais barulhenta liderança estudantil em Macapá.

Filho de sindicalista do PT, cedo rompeu com a corrente do pai, o urbanitário Januário Martins, para se juntar aos grupos mais à esquerda do partido. Mas, isso não o fez menos obediente em família. Até hoje, Januário cerca o filho de cuidados, fiscaliza a saúde e cobra a presença de Randolfe nos almoços e celebrações familiares.  Do tempo que pedalava uma bicicleta velha até o campus da Universidade Federal do Amapá, onde cursou História, aos dias de hoje, Randolfe tem a mesma impressionante paixão pela política. Mestre em Políticas Públicas, também se graduou em Direito para compor o arcabouço de conhecimentos necessários para seu mister.

Senador  Randolfe Rodrigues, da REDE do Amapá Costuma dizer que é professor de profissão e que a política é sua paixão. Por essa razão não abandona a sala de aula. Toda semana chega a Macapá na sexta-feira à tarde, ministra aula de direito constitucional para uma turma de graduação à noite, cumpre agenda intensa no final de semana e retorna na segunda-feira para Brasília. A rotina de trabalho de Randolfe “cansa só de olhar”, como se diz no Amapá. Até o ascensorista do elevador do Senado andou perguntado “de onde é esse senador?”. O homem só sai depois do último parlamentar e Randolfe, quase invariavelmente, é o último a deixar a casa.

Aos 38 anos, com cara de menino e riso fácil, foi apelidado de Harry Potter quando resolveu disputar a presidência do Senado contra José Sarney, jogando farofa na festa da unanimidade. Randolfe recorreu ao filho Gabriel, de 15 anos, sua cópia mais rechonchuda, para entender a saga do bruxo adolescente. Não deixa escapar nada, e queria saber o que significava aquele apelido e, sobretudo, suas nuances subjetivas. Não deu outra, o que mais lhe perguntaram os jornalistas foi “quem é o Voldemort?”, inimigo de Harry na saga.

Para responder a essa pergunta o jovem senador do Amapá exercitava outra de suas habilidades, a diplomacia: “todos aqueles que fazem da política instrumento de conquistas pessoais e vitimam a sociedade”. Essa característica surpreendeu grande parte dos decanos do Senado. Para quem esperava um senador estridente e radical, devido ao seu partido, encontrou um político habilidoso, que dialoga e diz tudo o que precisa e quer dizer com equilíbrio e “elegância”, expressão utilizada pela imprensa nacional para identifica-lo.

Randolfe tem outra característica incomum entre políticos, a capacidade de rir de suas próprias gafes. Depois de eleito foi a Brasília acertar detalhes da posse e fazer os primeiros contatos. Um assessor do partido disse a ele que um general das Forças Armadas queria lhe falar. Imediatamente lhe assaltou o pensamento: “Ué! Mas, o que eu fiz? Faz tempo que saí do movimento estudantil”. O general se aproximou e armou a continência, Randolfe estendeu a mão, que ficou ali no ar. O assessor soprou a cola: “O senhor tem que dizer ‘à vontade’ para que ele desarme a continência”. Ele conta isso dobrando a risada.

Brincalhão e gentil, aprendeu a ser convincente sem forçar a barra. Ouve as pessoas em quem confia, mantém uma relação fraterna com seu grupo de trabalho, mas a decisão final vem sempre de seu olhar de lince sobre a política e a conjuntura. Aliado a isso carrega outra rara característica, vira a página das desavenças e não pessoaliza o debate politico. Utiliza sempre a expressão “não vamos fulanizar a disputa”. Por essa e outra razão consegue transitar entre os mais diversos seguimentos da sociedade com naturalidade.

No Senado quer fazer “a grande política”. Para a Amazônia pensa e articula um bloco de desenvolvimento solidário com o platô das guianas e a Venezuela. Para o Brasil quer “uma reforma política com participação popular”; defende a cassação popular de mandatos. Quer também mais autonomia para órgãos de fiscalização e combate à corrupção. No Amapá acredita na consolidação de um bloco hegemônico progressista para resgatar o compromisso com os mais pobres, as políticas sustentáveis a integridade na política. Parece muito, mas ele nem dimensiona. “Nós podemos mais”, é seu lema.

  • Senador, acompanho sempre a TV Senado e Câmara. Aprendi a apreciar suas posições, que sempre me parecem ao favor do interesse do povo e não do partido ou de facções políticas. O Senhor, junto com alguns que hoje reputo mais sérios (Pedro Simon, Paulo Paim,Ana Amélia,Francisco Dornelles,Aécio Neves, Flexa Ribeiro, Manrinor Brito, Jorge Viana e Mozarildo Cavalcanti) tem uma luta inglória na defesa dos interesses do povo e de nossa nação. Entendo, entretanto, que assim como eu, o povo está mais atento para nas próximas eleições,levar às cadeiras do Congresso pessoas com mais espírito publico. Dependendo de mim, farei tudo para orientar e esclarecer eleitores nesse sentido. Moro no Pará (Itaituba) sou economista aposentado e tenho partiicipado de movimentos sociais. Seu admirador.

    • Senhor, concordo com tudo que disse! Com exceção da parte da inclusão do Aécio Neves, que na verdade não leva em consideração a defesa dos interesses do povo! Sou mineiro, professor, filho de professor, academico, e de fato, não se iluda com imagens passadas erradas! Só quis colocar essa observação! #fechadocom randolfe

  • Senador Randolfe … Li atentamente a sua biografia e estou ainda mais surpresa, positivamente é claro. Muito precoce. Discordo do que foi dito sobre luta inglória. Toda luta é gloriosa e a do senador Randolfe tem luz própria. Haveremos de encontrar outros muitos Randolfes por esse país a dentro, para reescrever a história do Brasil. Parabéns e sucesso, senador !!

  • Senador, quero parabenizá-lo por seu belo trabalho no que diz respeito a discussão da reforma do código florestal. Tomará que nossas florestas sejam de fato respeitadas ao final desse grande debate.

  • Randolfe, pela seriedade que vem de berço, o Sr está credenciado para ser o candidato do povo brasileiro à Presidência da República. Eu creio e voto!

  • Está aí uma grande liderança do PSOL nacional.
    Continue nas trilhas certas para um dia chegar no topo e com “elegância” desmanchar dos corações infiéis a farsa e a corrupção.

  • SENADOR E SOBRE O ESTATUTO DA CRIANCA E ADOLECENTE ;;;;;;;MEUS FILHOS AINDA ESTOA; INJUSTISADOS;;;;;;;;;EU NAO POSSO MIM CALAR ;;;HOJE QUASE UE IMGULIA A BEATRIZ ;;;ATENDENTE DA OUVIDORIA;;;

  • …Nobre Senador,acompanho a politica e os parlamenteres atuantes,que querem ter um comprimosso com a nação,de forma justa e honrada,pois se continuar assim até o final do mandato,sempre competente e sério vai merecer honras do povo brasileiro e eu serei um deles a divulgar nomes dos poucos que fazem,pois defendia o Demóstenes e estou envergonhado até o presente momento estou firm com o nobre Pedro Simon,homem de carater e correto,boa sorte senador e que DEus lhe abençoe..

  • ESTE SIM É LIGITIMO REPRESENTANTE DO CONJUNTO DOS TRABALHADORES DO BRASIL,E O PRINCIPAL LUTADOR POR TRANSFORMAÇÃO SOCIAL…

  • Quero parabenizar o senhor senador pela sua luta sincera em defesa de um brasil justo, democrático, transparente e sem corrupção sei que difícil mas não impossível, são pessoas como vc que mim faz acredita que ainda é possível ser feliz neste imenso brasil.

    Francisco Medeiros da Silva
    (chico cigano)
    Santa Cruz – RN.

  • Boa noite Senador.

    Temos algo em comum. Também sou pernambucano, com muito orgulho, já que todos somos bairristas, e vivi até meus vinte anos em Garanhuns, sua cidade natal. Só não nasci lá. Além disso, compartilho com a grande maioria das suas ideias. Talvez todas. Mas, como todas soa muito forte, prefiro dizer quase todas. Sempre votei em Lula e no PT, até explodir o mensalão e outras mazelas que temos visto nos últimos anos. De lá para cá, tenho votado e pensado mais com a cara do PSOL. Hoje, moro em Maceió/AL, terra da nossa guerreira Heloísa Helena. Ainda hei de me filiar ao PSOL e acompanhar mais de perto a política desse Estado e nação. Parabéns pelas suas lutas. Tenha certeza que não está sozinho. Só com pessoas como o Sr, Heloísa e mais meia dúzia de políticos melhoraremos esse país. Existe algum meio de receber informes do partido pela internet? Se tiver, gostaria de receber.
    Abraços

  • Logo que cheguei em Macapá, me identifiquei de cara com seu jeito de fazer política. Mas confesso que hj estou um pouco preocupada com os rumores que podem manchar essa biografia tão linda. Mas estou na torcida de que tudo será esclarecido porque quero crer que vc irá continuar merecedor do voto do povo amapaense.

    abraços

  • Após ler sua sintética biografia, passei a compreender melhor a simpatia pelo jovem de fala tranquila, de argumentos sensatos que revelam comprometimento com a nação brasileira e um idealismo que nela não é cultivado. A ignorância é a condição primeira para o domínio. Uma nação somente será realmente grande quando seus nacionais também assim forem. O Homem é um ser complexo, único dotado de razão e espírito (como os conhecemos) e essas características o tornam responsável por si e pelos demais. A sua responsabilidade é tão grande que ele é obrigado a manter contínuo combate entre o Mal e o Bem: que lhe são peculiares e atributos atribuídos pelo Princípio Criador por motivos e objetivos ainda insondáveis. A Caridade e a Humildade são atributos derivados do Bem para o controle da Ganância e da Soberba. A Nação Brasileira, como qualquer outra, somente atingirá seu contínuo crescimento com o aprimoramento de seus nacionais e, assim, contribuir para o progresso contínuo e a unificação da Humanidade em prol do crescimento do Homem, como espécie dominante neste planeta; pequeno ponto no Universo que está à disposição das espécies que, como o Homem, deverá buscar sempre o seu crescimento em prol da difusão e reafirmação do Bem como objetivo maior de nosso Criador. Projeto difícil quando se constata que os homens, em sua imensa maioria, colocam seus próprios interesses à frente dos demais e os prejudica.

  • gosto muito do seu perfil que atualmente exerce,acredito que sua postura como senador combatente as práticas abomináveis dos políticos brasileiros espero que o sr. venha ao rio de janeiro para debatermos os problemas desta tão castigada cidade,venha ao rio para apresentar sua propostas,pois o carioca está precisando de ajuda nossos politicos estão acabando com esta cidade,o pobre sofre nesta cidade,venha nos visitar e me avise por email,abraços

  • Estimado Senador, quero parabenizá-lo,por sua atuação política são de políticos como o senhor, que esta nação precisa, gostaria de lhe pedir uma atenção especial quanto a, LDB 9394/1996 de Darcy Ribeiro, sua caminhada política remonta aos princípios do Trabalhismo, posso adiantar meu voto a presidência do Brasil, não só votar mas vou trabalhar muito pela sua campanha para que o nosso Brasil, seja reescrito, NAMASTE.

  • Quanto orgulho ao ler sua biografia.Orgulho de ser brasileiro; especialmente de fazer parte dessa heroica família nordestina, cujos cabeças: PEDRO, MANOEL, ERNESTO, JOSELITA, AMELINHA, MARIA, CÂNDIDA, JANUÁRIO, JULIA E ADÉLIA (ordem de falecimento) deixaram um grande legado de honradez a seus futuros representantes.
    Quanto orgulho sentiria seu tio Ernesto, meu inesquecível pai, cuja lembrança me vem dele com um paletó muito branco, para receber Miguel Arraes em Petrolina.
    JULGAMENTO DE ERNESTO – é um dos capítulos do livro MEMÓRIAS IRREFUTÁVEIS do tio Januário Martins, me enchendo de orgulho. Voce será motivo de muitos capítulos, honrando a família e o Brasil.
    Deus lhe abençoe para continuar lutando por um Brasil melhor.

    SUCESSO

  • Senhor Senador,
    É inegável a sua brilhante participação na política brasileira. Acabei de ver sua entrevista na TV senado, resolvi pesquisar sua biografia e percebi que é um predestinado rico em conhecimento, com ambições políticas e vontade de fazer deste nosso “brasil” um BRASIL do qual os brasileiros poderão sentir orgulho de verdade. É verdade que sozinho não conseguirá, mas se juntar a uns poucos políticos sérios, independente de coligações, como os citados no comentário acima, certamente irão combater os males causados por essa corja de malfeitores que temos por aí. Ao final do programa quando falou sobre o golpe de 64, das lideranças daquela época com Jango, Carlos Lacerda, Tancredo, Ulisses, etc. e se não fosse o golpe influenciado pelos EUA, o Brasil não seria um País comunista como foi acusado e sim o País que os brasileiros querem hoje. Para finalizar penso que seus alunos devem sentir muito orgulho em tê-lo como professor e quão rica devem ser suas aulas. Continue combatendo a corrupção, a impunidade, enfim, a sujeira que assola nosso País.
    Fraternal Abraço.’.

  • Senhor quero aqui parabenizar pelo trabalho qe vem realizado no senado federal e na comissão dos direitos humanos junto com Ana Rita, Senador tenho certeza que sua cnadidatura sera a voz da juventude que conseguiu fazer o povo brasileiro gritar por um país mais justo sem corrpção, precisamos voltar colcar o tema reforma agraria na mesa, uma educação e saude publica de qualidade sei que Vossa Execelencia esta preparado para disputar com esta burguesia corrputa formada pele PSDB,PMDB,PT,DEM,PPS,PR,PSB sei que tem gente boa NOS OUTROS PARTIDOS mas prcisamos agora ser corajosos para implatr um governo popular de fato. Pode contar comigo meu Futuro Presidente da Republica do Brasil Ass Wagner

  • Senhor Senador!
    É com orgulho que aproveito esse espaço de contato, para lhe parabenizar pela conduta que demonstra diante desse Parlamento. E expressar minha indignação com relação a escalada vertiginosa da violência no País, de norte a sul. Gostaria de ressaltar quê, se as autoridades não se mexerem, tomarem atitudes energicas, para tentar reverter essa situação insustentável que mancha ainda mais a história desse País. Gostaria de deixar algumas indagações.
    1º) Porquê há inversão de valores em relação aos direitos de criminoso e trabalhadores onestos desse País?
    2º) Porquê o Estado e os Direitos Humanos protegem tanto um criminoso a ponto de um cidadão de bem se sentir abaixo em seus direitos?
    3º) O que fazer para reverter tudo isso? Será possível?
    Um abraço, de um admirador.

  • O Brasil só vai à frente com representantes iguais ou melhores que este Sen. Randolfe, homem integro e defensor de causas importantes.
    Parabéns pelo caráter, força e honestidade com que defende o direito do cidadão brasileiro. Não perco uma só de suas apresentações na câmara, pois acho importante ouvir o que você tem a dizer… fico ligada na TV.

    Deus Abençoe.

    att. ALINE COSTA
    IMPERATRIZ-MA
    BRASIL – TERRA ADORADA.

  • acompanha seu trabalho no senado e acredito em suas palavras e sei que quer mudanças no brasil .

  • ex.sr.senador Randolfe
    a oposiçao precisa de politicos atuantes como o sr.q nao mede esforços para lutar contra a alienaçao politica em que boa parte do pais vive,e q sempre mostra que a vida nao ta 100% como eles dizem.

  • Se a noticia que circula na mídia for verdade, essa será sem duvida o maior retrocesso político partidário dos últimos tempos. Suas posições políticas desde o início deste mandato, são uma prova inconteste da brilhante carreira que se inicia. Fui membro do PT desde a sua fundação nos anos 80, estou com 57 anos de idade e não precisa dizer o porque da minha saída em 2005… Esta é uma estrela que entrou em cadência e ao que tudo indica, virará cinzas em breve. Caso a noticia seja verdadeira, só terei a lamentar!
    Antonio Garcia Fortaleza-Ce

  • Senador Randolfe sou professora, acompanho seu trabalho no senador federal, sua postura em defesa do povo brasileiro.
    Sugiro que o senhor continue com sua postura política, NUNCA deixe sua HONRA a mercê dessa bandalheira que está nosso país, pois estamos infelizes em ser brasileiros, uma vez que votamos em pessoas que confiávamos e nos traíram. Só não posso perder a esperança, porque senão o que vou dizer para meus alunos?
    Abraços,
    Elaine Malta
    Manaus AM/Vila Velha-ES

  • Senador, sou sua admiradora e sinto muito que Pernambuco não tenha um político com suas qualidades para representá-lo no nível nacional. Mesmo assim penso que, como somos uma federação, suas contribuições de uma maneira ou de outra irão beneficiar todos nós brasileiros. Precisamos de mais políticos como você!

    Zailde Carvalho dos Santos
    Profª do Núcleo de Enfermagem-Vitória de Santo Antão/UFPE
    Recife-PE

  • Parabéns Randolfe pela sua postura política. O Brasil precisa de políticos jovens como você. Infelizmente, o Senado é infestado de políticos velhos e desonesto. Abr

  • Parabéns Randolfe pela sua postura política. O Brasil precisa de políticos jovens como você. Infelizmente, o Senado é infestado de políticos velhos e desonesto. Abr

  • Senador Randolfe,
    Sou seu conterrâneo de Garanhuns-PE e, acredito, seu primo (meu pai veio de Maravinha-AL e acho que sua mãe morou um tempo com ele e minha mãe aqui em Garanhuns).
    Venho dizer que o sr. tem admiradores aqui em Pernambuco e que tenho repetido: se tem um político honesto nesse senado, ele se chama Randolfe Rodrigues e nasceu em Garanhuns! Continue assim! Abraços primo!

  • Pingback: Senador Randolfe propõe união para desenvolver Santana | Blog do Senador Randolfe Rodrigues

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *