Cultura e tradição: senadores Randolfe e Davi acompanham prefeito Clécio na abertura do Ciclo do Marabaixo 2017

Senadores Randolfe e Davi e o prefeito Clécio Luís junto com mulheres do marabaixo

Os Senador Randolfe Rodrigues (REDE – AP) e Davi Alcolumbre (DEM-AP) acompanharam, neste sábado (8), o prefeito de Macapá, Clécio Luís, na abertura do Ciclo do Marabaixo 2017, realizado no Centro Cultural Jesus Maria José, na comunidade de Campina Grande, há 21 km de Macapá. A festividade, com cantos versados, dança e religiosidade, é uma das maiores manifestações culturais do Amapá. Também presente na comitiva o vereador da capital amapaense, Rinaldo Martins.

Os congressistas e prefeito foram recebidos por festeiros que organizaram o evento, participaram das rodas com tocadores e dançadeiras de Marabaixo e reafirmaram o compromisso com as tradições amapaenses. Também conversaram com a comunidade, em sua maioria afrodescendentes, sobre essa herança deixada por seus bisavós, descendentes de escravos.

A tradição do Ciclo do Marabaixo reúne manifestações católicas e da cultura afro amapaense, com dança, canto, rezas e bailes, onde os participantes demostram muita fé e alegria, quando tocam, dançam, rezam e cantam. O evento na comunidade é realizado há mais de 17 anos e desde seu início, coordenado pela família Carmo da Costa, com o apoio do Instituto Municipal de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Improir).

“A presença e o apoio das autoridades engrandece a nossa festa e mostra o compromisso deles para com a nossa cultura. Ficamos felizes pelos senadores e prefeito nos prestigiarem. Isso fortalece nossas tradições”, destacou a matriarca da família Carmo da Costa, dona Antônia.

O senador Randolfe é um incentivador e apoiador da cultura e tradições amapaenses. Há tempos o congressista luta para que que o Iphan reconheça o Marabaixo como Patrimônio Imaterial do Brasil.

Na oportunidade, o senador enfatizou a história e a importância do Marabaixo para a cultura do Amapá e brasileira.

“A celebração do Marabaixo é algo milenar, o toque das caixas tem a ancestralidade de mais de mil anos logo isso é algo que vem a anos e perpetuará por muitos anos”, comentou Randolfe Rodrigues .

Senador Randolfe discursa em abertura do Marabaixo 2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *