Se aprovado o projeto de Randolfe, Brasil deve ter 200 novos voos

 

Novidade boa no setor aéreo. A Associação Brasileira de Empresas Aéreas (Abear) anexou ao Projeto de Resolução do Senado (PRS) 55/2015, de autoria do senador do Amapá, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), um documento em que se compromete a ofertar 198 novos voos em todos o Brasil, inclusive para cidade médias ainda não atendidas. A notícia foi divulgada hoje (12), na coluna “Poder em Jogo”, de Lya MeIMG-20171012-WA0144deiros, no Jornal O Globo.

O projeto está em tramitação na Comissão de Serviços de Infraestrutura do Senado. O PRS 55/2015 Fixa em 12% a alíquota máxima para cobrança do Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS) incidente nas operações internas com querosene de aviação. No Amapá a taxa chega a 27%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *